Ardentia

                                   Ardentia
                                               

                                   estremeço a poementar
                                            em tardes cálidas
                                   poembeijos a te ofertar

2 comentários:

catacrese disse...

Esse verso despertou de alguma forma a voz ultra romantica em mim.
Lindo.

Carmela disse...

Yo tengo un oso de peluche :)
Biquiños

Licença de uso do conteúdo deste blog

Creative Commons License Este Blog e os textos aqui publicadoes estão licenciados sob uma licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.