Olhos de dicionário

Sombrias sensações...
Perseguida pela melancólica solidão,
Na mente um árduo ardor,
A pro-cura de um cantar perdido.

Busquei, perdoe poeta,
No dicionário solução.

Que palavras descreveriam os olhos desse amor?
Como descrever a emoção,
As sensações que me causariam
Que me traem a imaginação?

Olhos maganos que instigam, assanham...
Não bastaram!

Olhinegros rasgados, talvez!
Olhiagudos...cortantes
Escorregando entre palavras e pixels,
Luzes e sombras.

Se olhos assim me fitassem,
relances,
me olhassem como teus...
Será?
A busca não valeu.

Entre palavras, entrelinhas,
estados vãos,
letral inconclusão,
revelar os olhos
de uma ilusão.

Um comentário:

Fábio Santana disse...

Belo começo! Vim estrear os comentários... rsr...
Olha, seu blog já está linkado ao meu.
Beijos!

Obs.: Só faltou a foto!!!

Licença de uso do conteúdo deste blog

Creative Commons License Este Blog e os textos aqui publicadoes estão licenciados sob uma licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.